19 de janeiro de 2010

Primeiro do ano

Por quê o ano têm que começar em Capricórnio? Terminar e começar justamente neste tão maldito signo, onde tudo é mais difícil e mais pesado, demora para se concretizar... Tão mais simples, melhor, mais lógico até, se começasse em Aquário, fantástico signo do non-sense, da inovação, da vanguarda! Como seria bom começar o ano à frente desse ano, assim como é Aquário!

Na verdade, o ano deveria ser de trás pra frente. Isso mesmo: começaria em Aquário, e terminaria em Peixes. Veja bem, é óbvio: começar um ano com idéias inovadoras para colocar, ou não, em prática, e depoooois, bem mais tarde, apenas quando o ano fosse terminar, aí sim refletir o que ganhamos e perdemos espiritualmente, e entrar em reclusão para melhor entender a vida. Sim, por que espiritualidade é o que nos resta, tudo o mais passa e acaba.

Miserável deve ter se sentido Atlas, que, embora Titã de primeira estirpe, sempre carregou o mundo, literalmente, em suas costas. E isso não é um chavão. Atlas deve ter sido, certamente, capricorniano, coitado... Pensando bem, Prometeu também não teve um final dos melhores, se é que seu destino já acabou...

2 comentários:

Luís Gustavo Machado disse...

Não entendo muito de signos, mas se as características forem essas, realmente, existe lógica. Legal o texto...

esther disse...

Discordo completamente!!!!
Se o ano começasse em aquário acho que eu enlouqueceria!!!!